Sandra Maria Da Silva – CONVERGÊNCIA DAS MÍDIAS: MECANISMO DE AUXÍLIO NO PROCESSO EDUCATIVO

As tecnologias da informação estão cada vez mais ocupando espaço nos diferentes segmentos da sociedade, não é mais concebível a ideia de um mundo desconectado, a sociedade contemporânea tem necessidade de comunicar-se e apropriar-se do conhecimento para as mais diferentes finalidades: manter comunicação para assuntos pessoais, acompanhar noticiários, produzir, adquirir e expor conhecimentos acadêmicos, para o entretenimento, entre outros. Essa evolução tecnológica tem provocado alterações no comportamento dos diferentes grupos sociais e “forçado” a inserção da sociedade na era da comunicação; nesse contexto, a escola não pode ficar alheia, sendo imprescindível a sua participação no processo de democratização da informação e inserção da comunidade no mundo da informação digital.

A instituição escolar deve estar pautada no “educar para a vida” para isso deve fazer uso das tecnologias disponíveis para melhorar o seu processo educativo.  As tecnologias da informação e da comunicação que cada vez mais concentram uma gama de recursos midiáticos em um mesmo dispositivo, promovendo a chamada convergência das mídias, conceito que segundo  Briggs e Burke (2004), no livro “Uma História Social da Mídia”, pode ser  empregado para designar a integração de texto, som, imagem e número à tecnologia digital. Assim, um mesmo dispositivo pode conter diferentes tipos de mídia, como por exemplo, um celular, que além de sua função elementar, permitir a comunicação entre as pessoas, também possibilita a realização de atividades como enviar torpedos, capturar imagens para produção de fotos e vídeos, gravação de sons, entre outros; os computadores também tem uma série de recursos audiovisuais no qual as mídias convergem e, quando aliados a WEB, tornam-se verdadeiros suportes de convergência midiática (nele encontramos som, imagem, texto, vídeos, animações, etc….). Esse conceito de convergência das mídias apresenta muitas possibilidades de uso na área educacional.

Outro conceito interessante quando se trata de convergência das mídias é a evolução da própria WEB, a nova WEB (WEB 2.0) difere da primeira porque apresenta como principais características a interatividade e a possibilidade de permitir aos seus usuários a produção, coprodução, exposição, compartilhamento, …, de informações, permite a multilateralidade do processo comunicativo, o usuário pode ser emissor e destinatário da mensagem, o que não era comum na primeira WEB, tendo em vista que, o modelo original da Internet, era distribuir as informações atualizadas. Esse novo modelo de Internet tem um grande potencial de utilização educacional, espaços digitais como blogs, wikis, redes sociais, You Tube, podcast, etc. permitem a comunidade escolar (alunos, professores, pais, etc.) um processo comunicativo mais amplo e fora das instalações físicas da escola, também permite a interação de forma crítica e consciente com o conhecimento, permite a exposição de produções, registro de informações, produção coletiva de conhecimentos, etc.

Outros mecanismos midiáticos interessantes, que está cada vez mais inserido na rotina das pessoas são os dispositivos móveis como os celulares, os notebooks, a Internet móvel, os pendrives, etc. Eles permitem o acesso à comunicação e a informação em qualquer lugar e em qualquer hora, sendo fundamentais na sociedade contemporânea, estes equipamentos devido a sua mobilidade, podem ser incorporados á prática pedagógica, por exemplo, em sala de ou outro local, o aluno pode ser acesso a uma enciclopédia on-line e tirar dúvidas sobre determinado assunto, pode resolver uma atividade postada por um professor, entre outros.

As TIC’s (Tecnologias da Informação e Comunicação) podem ser muitas exploradas nos modelos de educação presencial e á distância. Como educadora, posso expressar experiências do uso de tecnologia no processo educativo presencial e, como aluna, estou vivenciando a experiência de fazer um curso a distância (EAD) e fico cada vez mais deslumbrada com o potencial da convergência das mídias a serviço da educação.

Na sequência relato algumas situações da minha prática pedagógica na qual estão inseridos os conceitos abordados na disciplina “Convergência das mídias”, são as mesmas questões relatadas nas atividades 2 e 3 do curso:

Na terceira atividade postei uma foto feita por um celular, e no momento da exposição, não havia nenhuma câmera digital par fazer o registro e um dos alunos, dispunha de um celular com câmera, fez as fotos da exposição. A seguir, uma foto da exposição “A outra face do Lixo” , realizada em 2010, na Escola Municipal “Monsenhor Manoel pereira da Costa” (São Tomé – RN). O trabalho realizado pelos alunos promoveu a reciclagem de garrafas PET que foram recolhidos nas residências e estabelecimentos comerciais, além da bandeira do Brasil, foram confeccionados objetos como sofá, cadeiras, camas, cortinas, abajur, adornos, etc.

Bandeira de garrafas pet recicladas Fonte: arquivo pessoal - 2010

Nesta situação percebemos a utilização dos recursos móveis (celulares), da convergência midiática (celular, câmera fotográfica, …), do conceito de WEB 2.0 (este material ficará em um blog), são as novas tecnologias usadas a serviço da educação.

O filme do You Tube utilizado em sala de aula e registrado na atividade 2 também é um exemplo bem claro do uso da Web 2.0 e da convergência das mídias no ato educativo. Para assistir o vídeo com os alunos precisei seguir os seguintes passos:

  1. Entrei no You Tube, assisti e na sequencia baixei o filme “Biomas do Brasil”, que está dividido em duas e pode ser encontrado nos seguintes endereços:
  2.  Biomas do Brasil – Parte 1
  1. Biomas do Brasil – Parte 2
  1. Copiei em um pendrive;
  2. Levei o pendrive para a sala de aula
  3. Conectei o pendrive no equipamento que foi montado em sala para esta aula: notebook, projetor multimídia e caixas de som;
  4.  Assisti ao vídeo com os alunos e na sequencia, trabalhei os conteúdos pertinentes ao assunto.

Através dessa prática pedagógica percebemos mais uma vez como o conceito de convergência midiática e os dispositivos móveis foram utilizados a serviço da educação: a tecnologia WEB 2.0, os dispositivos móveis (pendrive, notebook, som e projetor multimídia) interligados usados como ferramenta de apoio pedagógico.

Em síntese, as novas tecnologias estão no seio da sociedade e a escola deve usá-las como ferramentas de auxílio no processo educativo, porém deve preparar o aluno para utilizá-las do ponto de vista técnico (manusear o equipamento), como também do ponto de vista ético, incentivando o respeito à autoria e ao semelhante, fazendo o aluno entender que não é coerente a divulgação de mensagens de cunho preconceituoso ou que venham a denegrir a imagem de seus semelhantes. É o uso consciente e cidadão das novas tecnologias.

Anúncios

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: