Sarah Virginia Sousa Da Mata – Convergência das Mídias na Educação

Na segunda etapa o vídeo escolhido e trabalhado era uma reportagem sobre a queda do muro de Berlim que significou, simbolicamente, o fim do socialismo na Alemanha.

Na atividade seguinte a imagem abaixo tirada na praia de Ponta Negra em Natal, serviu de base para o nosso trabalho:

Praia de Ponta Negra em Natal

Convergência das mídias e conhecimento

Na atualidade, as informações estão cada vez mais acessíveis. O desenvolvimento das tecnologias principalmente a partir da Terceira Revolução Industrial conhecida por isso mesmo como Revolução Técnico-científica, em meados do século XX, propiciou que mais pessoas em menos tempo conheçam o que está acontecendo em regiões distantes da sua localidade. Não é preciso esperar que o jornal saia no dia seguinte, que o correio nos aborde. Basta apenas um click e, pronto, a informação vem até nós. E ela chega porque acontece o que conhemos como convergência das mídias, ou seja, o jornal agora não é apenas impresso, é digitalizado, é virtual. Há o entrelaçamento entre aquelas mídias tradicionais (rádio, revistas, jornais) e as tecnologias inovadoras (internet, celulares, ipod, smartphone). Assim, as notícias são expostas quase que no mesmo instante em que acontecem. E esse ‘quase’ é simplesmente porque ainda se gasta segundos para acessar o que está sendo publicado nas páginas eletrônicas ou sites.

Esse ambiente rico que se abre a nós, a facilidade de entrar em contato com o mundo, seja para buscar conhecimento ou apenas diversão sadia, pode e deve ser usado na nossa prática diária em sala de aula. E a usamos sempre que pedimos para os alunos fazerem uma pesquisa na sala de informática sobre um tema qualquer. O objetivo que cerca essa aula é, primordialmente, o aprendizado do conteúdo da disciplina. No entanto, uma ressalva deve ser feita. Observamos que alguns alunos ainda não estão familiarizados com a ferramenta computador. Então como poderão atender ao que está sendo pedido? Necessário é a nós professores estarmos sensíveis a essa realidade. Hoje, se tem a ideia de que por serem jovens e, fazendo uso da linguagem deles, ‘antenados’ todos estão aptos a desvendar o mundo tecnológico. Aptos podem estar, mas se não tiverem acesso a tecnologia, continuarão apenas ‘aptos’ e não capacitados. Daí a importância primordial de ser cada vez mais usadas em sala, tecnologias diversas. É preciso preparar o aluno, não apenas com conhecimento teórico, mas prático, já que ele, quando sair do âmbito escolar deve estar preparado para a vida e para o trabalho. Esses não são também objetivos da escola?

Nessa busca por fazer a ligação entre conteúdo específico da disciplina e as tecnologias midiáticas a Web 2.0 se apresenta como alternativa. Recentemente passamos uma atividade, na disciplina de Cultura do Rio Grande do Norte, que ainda está em fase de execução, para a turma do 9º ano da Escola Municipal Vicência Castelo onde eles deveriam efetivar os seguintes passos: pesquisar em revistas e jornais impressos sobre o turismo no Nordeste; logo após, divididos em grupos, fazer um vídeo na praia da pipa em Tibau do Sul, mostrando o lado positivo e negativo desse trânsito de pessoas na comunidade. Para isso poderiam usar celulares, câmeras, enfim, qualquer ferramenta que os auxiliasse no desenvolvimento da tarefa. Os passos finais desse processo seria a publicação no youtube e, ao invés de exporem diante da sala, passar uns para os outros o trabalho realizado, via Bluetooth.

A efetivação desse trabalho não está sendo simples, porém, muito interessante. E isso, principalmente, porque os alunos estão entrando em contato com um mundo desconhecido. E quando falamos ‘desconhecido’, não estamos dizendo que a internet é algo estranho a eles. Mas interagir com ela, publicando documentários, vendo o resultado de seu trabalho, é.  Eles irão passar de meros expectadores para produtores de conhecimentos. Não haverá apenas a convergência das mídias, mas, e creio que esse é o ponto essencial do processo tecnológico em sala, haverá também a convergência de informação. Estarão aliados e alinhados tecnologia e conhecimento. E, penso, devemos cada vez mais fazer uso de todo o aparato tecnológico a que temos acesso. Assim, realmente estaremos contribuindo para o desenvolvimento mais completo do nosso alunado.

Anúncios

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: